Fundo Nuvem

48 3533-0186


Seta Para Baixo



Palavra do Padre

Compartilhar

É preciso ter fé

23/04/2017

É preciso ter fé para permanecer como discipulo na comunidade de Jesus 

 Estamos vivendo o tempo pascal. Jesus ressuscitado vai ao encontro dos seus discípulos que se dispersaram na hora da cruz. Jesus se encontra com os discípulos desejando a paz. O apóstolo Tomé não estava com eles e afirmou que precisava tocar em Cristo para crer que ele estava vivo. Ele não aceitou o testemunho da comunidade, para quem Jesus havia aparecido e comunicado o dom do seu Espírito. Ver e tocar nas chagas de Jesus seria a prova principal para ele. Quando Jesus retorna no domingo seguinte, a primeira coisa que ele faz é mandar que Tome toque nele e não seja incrédulo.  O apóstolo condicionava sua fé à visão das chagas nas mãos de Jesus e ao tocar na ferida produzida pela lança.

Recordo-me que a pouco tempo atendi uma pessoa que dizia ter dificuldade em acreditar nas coisas da Igreja. Era mais fácil acreditar na ciência porque ela prova materialmente. No entanto Jesus proclamou ser feliz quem é capaz de crer, ter fé, sem mesmo tê-lo visto. A comunidade é o retrato do ressuscitado. Se não conseguimos “ver Jesus” no testemunho de quem participa da comunidade, precisamos rever nossos conceitos de fé. A Igreja nos dá os sacramentos e são por eles que Cristo age em nós. A Palavra, a Eucaristia, o batismo, a confissão, a crisma, o ardem, o matrimonio, a unção dos enfermos. Mas precisamos rever também nossas atitudes.

Somos comunidade de fé e precisamos dar testemunho de vida. Se a fé em Jesus dependesse de tê-lo visto, na terra, só o grupo privilegiado de discípulos daquela época teria tido essa alegria, essa graça. Hoje nós também podemos “ver” Jesus. Porque a fé no Ressuscitado permanece em seus seguidores de ontem, no hoje e permanecerá no depois. 

Que as nossas “incredulidades” particulares não impeça outras pessoas de fazer a experiência do encontro com o Cristo Ressuscitado. Não há lugar e nem tempo determinado porque Ele se “mostra” onde, quando e para quem Ele quer.

O compromisso da comunidade é acolher, superar as divergências, evitar as dispersões, viver a paz e o perdão. O Espírito Santo, dado por Jesus, é quem faz a comunidade crescer pelo trabalho e disposição dos que crêem.

A todos um bom domingo. Que o ressuscitado se faça presente em nossas vidas

Termina Fundo




Copyright 2013 - Todos os direitos reservados - Paróquia Santo Antônio de Pádua - Sombrio / SC