Fundo Nuvem

48 3533-0186


Seta Para Baixo



Palavra do Padre

Compartilhar

As tempestades da vida e presença amorosa de Deus

13/08/2017

Nós, homens e mulheres, temos necessidade de “sentir” a presença de Deus. São experiências de fé que vivenciamos no transcorrer da nossa vida. Na hora dos “abalos” precisamos saber que Deus está conosco. Foi assim com o profeta Elias que se refugiou na montanha sagrada, foi assim com os discípulos de Jesus atravessando o mar em um pequeno barco. Essas experiências fazem com que nós hoje descubramos o quanto necessitamos estar “perto” de Deus. Atravessamos momentos difíceis na trajetória de nossa vida. Precisamos “navegar” com fé. Jesus está perto de nós e nos pede que não nos deixemos vencer pelo medo. Sua presença espiritual é garantia de calmaria em nossa vida agitada pelos problemas. Como os discípulos no episódio do barco a deriva sem Jesus, nos deparamos com a fragilidade da fé quando precisamos enfrentar as forças adversas e nos sentimos sem forças. Mesmo que sigamos Jesus de forma decidida nos deixamos abalar quando chegam os problemas. Quanto mais fraca for nossa fé, maiores parecerão os problemas. Assim, os sofrimentos, as dificuldades, as frustrações, o desânimo, as desilusões parecem querer nos afundar. Mas assim como aconteceu com os discípulos, que tiveram a presença de Jesus acalmando o mar e devolvendo a tranqüilidade, o mesmo pode ser conosco: Jesus lá está para estender a mão.  Viver uma vida cristã não é fácil. Estamos acostumados a ver muitas pessoas abandonarem a fé verdadeira quando a tempestade atinge suas vidas. O “sucesso” fácil de pessoas que não vivem a fé é uma propaganda falsa que faz muitos desistir de um caminho na presença de Deus para adquirir riquezas, sucesso social etc. Os discípulos de Jesus, de ontem e de hoje, sempre sofrerão perseguições. A comunidade cristã sempre será agitada pelas “ondas contrárias”, mas o importante que sejamos pessoas de fé. Jesus está conosco e não vai nos deixar afundar. Sejamos firmes na fé e não teremos medo desse “mar” agitado. 

Termina Fundo




Copyright 2013 - Todos os direitos reservados - Paróquia Santo Antônio de Pádua - Sombrio / SC